O GLOBO - Informática Etc. - Carlos Alberto Teixeira
Artigo: 91 - Escrito em: 1992-11-30 - Publicado em: 1992-12-14


Amix


AMIX, American Information Exchange, é algo completamente novo: um mercado de informações online. Através do AMIX, qualquer modemzeiro pode comprar e/ou vender documentos, software ou qualquer outra coisa que possa ser armazenada em formato digital. Também vale serviço de consultoria, é claro. Aliás é o que mais se vende no AMIX. Os contratos de consultoria podem envolver operações bastante simples, com grande facilidade e lucro. O AMIX manipula e gerencia a transferência de fundos automaticamente. (Ai, sonho tupiniquim)

O American Information Exchange começou a funcionar em janeiro deste ano de 1992. Um monte de contratos de consultoria já foram firmados e cumpridos, através do sistema. Diariamente, centenas de documentos digitais são distribuídos aos mercados-chave. Os supridores destas informações continuam "abarrotando as prateleiras" com novos produtos, abrangendo uma ampla gama de mercados.

O sistema está oferecendo diversas promoções aos novos usuários. Para receber o disquete de software AMIX, que permite exploração do sistema e auto-cadastramento, basta entrar em contato com o AMIX por telefone 001 (415) 903-1015 ou pela Internet em <amixinfo@markets.amix.com>.

Compradores e vendedores interagem com o AMIX através de um programa frontend que roda num PC-compatível e que se conecta à maquina AMIX através de um... adivinhe... um modem! Acertou! Estão engendrando lançar uma versão para Mac dentro de algumas semanas e logo no ano que vem sai a versão para Windows.

Mas afinal, que tipo de informação é vendida através do AMIX? Nesta fase inicial de funcionamento, o AMIX oferece basicamente informações de cunho técnico ou ligadas à área de negócios: dados sobre produtos, tecnologias, empresas e indústrias, relatórios de pesquisa de mercado e diversos outros. No futuro, de acordo com a demanda dos clientes, o AMIX criará mercado para fornecimento de informações especializadas em diversos tópicos, tais como: legislação, gerência de pequenas empresas, assessoria fiscal, ou mesmo projeto de planilhas e formulários. O sistema foi projetado para permitir a troca de informações práticas sobre virtualmente qualquer assunto que se imagine.

Qualquer cliente do AMIX pode ser um vendedor ou um comprador, ou ambos. Para tornar-se um vendedor, o cliente envia via modem a informação a ser vendida para as máquinas do AMIX e estipula um preço entre 1 e 2.500 dólares norte-americanos. Os bancos de informações do AMIX estão divididos em tópicos. Dentro de cada área de interesse existem níveis de especialização, que conduzem implicitamente a diferentes faixas de mercado e de poder aquisitivo. Cada área oferece uma listagem detalhada dos serviços e das informações oferecidas, indicando também quem é o dono da bola, ou seja, quem está oferecendo o serviço, o relatório ou o arquivo em questão.

Vamos esperar que a idéia emplaque de fato lá no hemisfério boreal. Se vingar lá, logo logo aparecerão as cópias tropicais e aí nós entramos na dança.


AINDA A BORDO: Peguei o operador de rádio de bom humor. Acho que foi a festança de ontem aqui a bordo. Ontem deu prá ver uma baleiona dormindo a uns 200 m do navio, com a cauda imensa prá fora. Quando o Eugenio Costa acabou de passar por ela, a bichona deu uma virada preguiçosa, botou a corcunda para fora, soltou um jatão d'água e sumiu. Disse um estudioso que estava a bordo, que o descomunal mamífero, ao ver o navio, pensou que fosse uma fêmea e pôs-se a fazer-lhe a corte. Só isso valeu já a viagem. E viva o Inmarsat que leva estes bits pelo éter afora - êta satelitezinho porreta, sô!


[ Voltar ]