O GLOBO - Informática Etc. - Carlos Alberto Teixeira
Artigo: 115 - Escrito em: 1993-05-24 - Publicado em: 1993-05-31


BBS falante?


Quando eu ainda engatinhava nos BBS, baixei do pioneiro Forum-80 (atual Online BBS) um programa shareware super bem projetado e que me acompanha até hoje. Era o tradicional Unikey, produzido pela empresa UniSoft, um pequeno exército de gênios do software liderados pelo emérito Júlio Botelho, que não pára de produzir peças de primeira categoria. Tendo mudado o nome da empresa para Unikey Informática, o Júlio convocou outro peso-pesado dos bit-bytes, o Carlos Pires, e promoveu o desenvolvimento de um software de leitura off-line de pacotes de mensagens de BBS em formato QWK, para rodar em ambiente Windows. (QWK: leia-se "quick" - padrão de pacote compactado de mensagens.) O produto chamou-se UNIQWK e em sua versão 1.0, apresentava todas as características de seus concorrentes, sendo que rodava em Windows e oferecia a sofisticação de ser um software multi-idioma, ou seja, que encarava sem susto os mais diversos codepages e formatos da vida. Muito bem conceituado no meio BBSzeiro, o Julio em pouco tempo conseguiu fazer um upload do UNIQWK 1.0 para o CICA, o gigantesco repositório de software para Windows na Internet. Em menos de um mês os "mirrors" desta fabulosa rede já haviam difundido o programa pelo mundo inteiro: EUA, Alemanha, Japão, Austrália, Finlândia, Suíça, Grã-Bretanha e Austria. (Mirrors: "sistemas-espelho" que ecoam programas selecionados de um repositório-mestre de software, como o CICA, para outros repositórios menores). A divulgação foi decerto ainda maior, pois sempre há uma legião de usuários que fazem download a partir dos mirrors e entregam o software para os seus BBS locais.

Mas a coisa não parou por aí, e nem poderia, a julgar pelas figuras que tocavam o projeto. O Júlio Botelho e o Carlos Pires estavam tramando algo maior e finalmente divulgaram a bomba: o pulo-do-gato do UNIQWK só apareceu mesmo agora na versão 2.0. Sente-se, feche os olhos e imagine receber uma mensagem de BBS de um outro usuário em sua telinha, clicar com seu mouse num autêntico botão Windows e ouvir a voz do remetente na sua caixinha de som. Pois é, gente fina. É exatamente isso que o UNIQWK 2.0 faz. Ao final de cada mensagem num pacote QWK, é opcionalmente incluída uma TALKLINE. Significa que o remetente pode gravar até 6 segundos de audio em formato WAV (padrão das placas de som Sound Blaster e similares) ou incluir arquivos MIDI de até 16 kb no corpo da mensagem. Se o destinatário tiver uma "sound board", poderá ouvir os comentários do remetente em alto e bom som.

Fui pegar a versão 2.0 do UNIQWK pessoalmente nos laboratórios da Unikey. Como não tenho placa de som e o meu driverzinho do alto-falante do PC recusa-se terminantemente a funcionar, fui correndo para a casa de um amigo melhor aparelhado para ver (ouvir) a coisa funcionando. Confesso que fiquei abestalhado ao ouvir os impropérios impublicáveis proferidos pelo Júlio numa mensagem em um QWK do Eureka BBS, exortando-me a beta-testar o software imediatamente.

Se você ainda não experimentou, não sabe o que está perdendo. Procure no BBS mais próximo por um arquivo chamado UNIQWK20.ZIP. E se gostar (você VAI gostar), tome vergonha e registre sua cópia junto à UniKEY Informática, Av. Presidente Vargas 435, 9o. andar, Rio de Janeiro, tel: (021) 232-1854. É oferecido suporte via modem através do Hot-Line BBS (021) 537-1603, bastando acessar a conferência UniSoft neste sistema. Para maiores informações, você também pode enviar mensagem via Fidonet, na conferência internacional "Portuguese" para Júlio Botelho ou Carlos Pires. Ou então enviar e-mail Internet diretamente para os mestres Botelho ou Pires, respectivamente através dos endereços "julio.botelho@f1.n802.z4.fidonet.org" ou "cob01003@ufrj.bitnet" (no lugar do "@", leia-se o caractere "arrôba" - ascii 64 decimal).

Há poucos anos estávamos babando numa palestra do Bill Gates num destes Comdex da vida. Dizia o mancebo que em breve estaríamos recebendo voice mail via BBS. O que não sabíamos naquela ocasião é que a primeira aplicação shareware desta fantástica facilidade seria implementada num software brasileiro. Novamente a turma pioneira da Unikey arrebentou.


[ Voltar ]