O GLOBO - Informática Etc. - Carlos Alberto Teixeira
Artigo: 239 - Escrito em: 1996-03-19 - Publicado em: 1996-03-25


Free World Dialup


Um novo projeto na Internet está conclamando usuários e administradores de sistemas do mundo inteiro a participarem de um mutirão. O projeto se chama FWD (Free World Dialup = Discagem Gratuita Mundial) e permitirá a usuários Internet fazer chamadas telefônicas internacionais a partir de seus computadores. A equipe do projeto FWD está catando voluntários em todo canto do planeta, visando levar a facilidade ao maior número possível de cidades no mundo inteiro, bastando que estejam ligadas à Internet.

Usando software especial produzido pela equipe do projeto, usuários Internet poderão entabular conversas telefônicas, conectando seus computadores às redes telefônicas locais das cidades que participarem do projeto. A turma do FWD está procurando indivíduos, empresas, cibercafés e provedores de serviços que se disponham a servir como elo de ligação entre o sistema FWD e a rede telefônica de suas cidades. Quem se lembra de nossa edição de 03/04/95 sobre envio de fax gratuito via Internet (maiores informações mande e-mail para fax-faq-request@northcoast.com) vai notar que o espírito que norteia o projeto FWD é o mesmo do sistema de fax via e-mail.

A iniciativa do projeto Free World Dialup é não-comercial, sem fins lucrativos e está sendo completamente coordenada no próprio cyberspace. A equipe é composta por voluntários que dedicam seu tempo livre ao projeto. O objetivo final é levar os benefícios da comunicação internacional por voz via Internet a pessoas que não pilotam computadores, permitindo contatos entre familiares e amigos separados por grandes distâncias.

O sistema baseia-se em programas parecidos com o iPhone, Internet Phone. Se a leitora não se lembra dessa jóia (vide edição de 29/05/95), refresco sua memória. Em fevereiro do ano passado, a empresa Vocaltec (e-mail support@vocaltec.com ou na Web em http://www.vocaltec.com/) desenvolveu o iPhone, utilizando-se inicialmente da rede mundial de servidores IRC (Internet Relay Chat), o sistema de bate-papo online da Internet. O programa iPhone permite que os navegantes conversem através da rede, conversem sem metáforas, ou seja, falando com a boca e escutando com o ouvido mesmo, sem voz sintetizada, sons pré-gravados, nem qualquer outra mutreta. Bastava ter uma plaquinha de audio espetada em sua máquina, um microfone e alto-falantes. Nas primeiras versões, a conversa era em modo half-duplex, ou seja, os dois tagarelas não podiam falar ao mesmo tempo: precisavam pronunciar um sinal vocal tipo "Câmbio" para comutar suas falas. Atualmente, o iPhone já roda em modo full-duplex, caso os dois usuários falantes tenham as placas de audio apropriadas. Outros programas já existem funcionando com o mesmo princípio, por exemplo o software Digiphone.

Agora pense na maravilha que será quando o sistema FWD estiver operando. Imagine você sentado diante de sua maquineta querendo falar com sua tia que mora em Copenhagen, supondo que esta cidade esteja participando do projeto FWD. Você se loga na Internet em modo SLIP/PPP, inicializa seu iPhone, pendura-se num servidor FWD e aciona um voice modem em Copenhagen, fazendo-o discar o número local da titia. Ela atende e o papo rola solto.

O sistema FWD foi inaugurado em 26 de outubro de 1995, quando houve um primeiro papo entre dois usuários em Tóquio e Jacarta. Atualmente já existem cerca de 60 voluntários em mais de 15 países rodando servidores FWD. Cada um deles oferece uma linha telefônica local para a comunidade, através de um voice modem com o chipset Cirrus Logic (detalhes em http://www.cirrus.com/). Todo o software é fornecido de graça pela equipe do FWD.

Neste primeiro estágio do experimento, só será possível o "dial-out", ou seja, usuários Internet discando para fora. No segundo estágio, será possível o "dial-in", em que um indivíduo pega o telefone, liga para uma central local FWD e fala com um usuário Internet que esteja pendurado naquele instante na rede de servidores iPhone.

É de se esperar que, mais cedo ou mais tarde, as grandes empresas de telecomunicações venham a estrilar, mas até agora estão se mantendo em silêncio. A equipe do projeto está estudando os aspectos legais da questão e já se prepara para um eventual ataque jurídico a ser lançado contra sua iniciativa pioneira. Se você é administrador de um site Internet ou mesmo um usuário interessado em se oferecer como voluntário, solicite o arquivo FAQ (Frequently Asked Questions) sobre o projeto FWD, mandando e-mail para free-world-dialup@pulver.com.


[ Voltar ]