O GLOBO - Informática Etc. - Carlos Alberto Teixeira
Artigo: 315 - Escrito em: 1997-09-03 - Publicado em: 1997-09-08


Cookies anônimos


Meu mestre Eduardo Haddad <Ehaddadf@Iis.Com.Br>, Sysop do saudoso Eureka BBS, apareceu com um brinquedo novo chamado Luckman’s Anonymous Cookie for Internet Privacy. Trata-se de um utilitário grátis que lhe permite desabilitar instantaneamente todos os cookies em seu sistema. Isso lhe permite navegar pela Web anonimamente, garantindo sua privacidade, já que esconde de bisbilhoteiros externos todas as suas informações pessoais. Com um outro click no mouse você pode reabilitar seus cookies quando bem entender, durante ou após sua sessão Internet, permitindo um controle completo de sua privacidade online.

O software roda em Windows 95, Windows NT 3.5 e 4.0. Uma versão para Macintosh (System 7) também está disponível. O Anonymous Cookies suporta os browsers Microsoft Internet Explorer v3.0 e v4.0, e o Netscape Navigator v3.0 e v4.0.

Pode-se fazer o download gratuito em <www.luckman.com/anoncookie/index.html>. A versão corrente é a beta 2, v1.0b9, lançada em 13 de agosto passado. O produto sairá do estado beta no final de 1997, quando será lançado como parte integrante de um software mais abrangente, o WebSweep, atualmente em desenvolvimento pela Luckman Interactive, Inc. Se quiser maiores informações, acesse o FAQ para PC em <www.luckman.com/anoncookie/accfaq.html> ou o FAQ para Mac <www.luckman.com/anoncookie/macfaq.html>, conforme o seu caso.

A turma do Eureka saiu imediatamente testando o novo programa, com ótimos resultados. Segundo um dos eurekianos, Jorge Vismara <jvismara@usa.net>, o software funciona bem em 95% dos sites. Em alguns sites, o pior que acontece é causar incômodos. No MovieLink, um site para obter a lista de cinemas ne seu bairro (se você mora nos EUA), o Anonymous Cookie impede que o seu zip-code (código de endereçamento postal americano) seja lido e aí você tem que digitá-lo a cada vez que acessa o site.


Nossa colega texana Marcella Stark <marcella@scs.tamu.edu> enviou-me uma curiosa lista em inglês de 31 mitos urbanos e curiosidades, a maioria delas totalmente inúteis. O arquivo texto "mitos.txt" é pequeno e pode ser encontrado no GloboOn no endereço TAL TAL e TAL da forma TAL TAL e TAL.

Dessa lista destaco a solução para um mistério antigo que a muitos de nós atormenta. Nos anos 40, o FCC (federal communications commission) do governo americano atribuiu o canal 1 de TV aos serviços móveis, tais como os rádio transceptores em taxis. Acontece que esqueceram de renumerar as outras atribuições, alocadas aos canais comuns de TV. É por esse motivo que a sua televisão VHF tem canais começando pelo número 2.

Outra curiosidade a observar é o ícone de "Save", aquele disquetezinho, no Microsoft Word e no WordPad. O orifício retangular que fica na lingüetinha metálica do disquete, conhecido como "shutter", está do lado errado.


Para quem está começando a navegar na World Wide Web, às vezes precisa-se de algum contato humano com quem está por trás de uma certa página que nos agrade ou divirta. Em muitas ocasiões não consta na página o e-mail do responsável pelo trabalho, para o caso de querermos enviar algum comentário, sugestão ou crítica. Suponhamos que o endereço visitado seja <www.catatumbo.com.br>, a quem podemos recorrer via e-mail? Já dissemos isso aqui, mas nunca é demais repetir. Existem duas figuras humanas em qualquer site, que podem sempre ser acessadas via correio eletrônico. Chamam-se postmaster e webmaster, o primeiro mais fácil de se achar do que o segundo. Portanto, para o exemplo em pauta, quando se quiser atenção do responsável pelo site, tire o "http://www." que aparece no início do URL e envie e-mail para <postmaster@catatumbo.com.br> ou então para <webmaster@catatumbo.com.br>


Cometí uma pequena falha na semana passada, no artigo sobre a pesquisa sendo conduzida pelo Departamento de Psicologia da PUC-RJ. Um hífen faltando no "puc-rio" deixou um monte de leitoras em polvorosa, e com toda razão. Repito aqui então o e-mail para envio dos depoimentos: <prede@psi.puc-rio.br> e o URL da página Web da pesquisa: <www.puc-rio.br/depto/psicologia/pesquisa/pesquisa.htm>.


[ Voltar ]