O GLOBO - Informática Etc. - Carlos Alberto Teixeira
Artigo: 395 - Escrito em: 1999-03-17 - Publicado em: 1999-03-22


O golpe do ano 2000


Cuidado para não fornecer suas informações bancárias à toa

 

Com a aproximação do ano 2000 e com a assustadora campanha de alerta da mídia mundial acerca da repercussão que este fato poderá ter nos sistemas de computadores, naturalmente ficamos bem assustados e não sem razão. Infelizmente, nos EUA, já tem uma turminha que está se aproveitando desse terror global para aplicar um golpe via telefone. Nossa colega Meghan Speetzen <freelance@mail.utexas.edu> nos indica o site <www.snopes.com/spoons/faxlore/y2k.htm> e descreve o cambalacho. Um espertalhão liga para sua vítima potencial, por exemplo, uma senhora idosa pouco afeita às coisas da tecnologia, e se diz representante do banco onde ela tem conta e informa que estão tendo dificuldades em aprontar os sistemas de computação a tempo para a virada do ano 2000. O cafumango diz que todos os clientes do banco precisarão transferir o saldo de suas contas particulares para uma conta temporária especialmente preparada para proteger seu dinheiro, até que o banco esteja perfeitamente apto a funcionar sob as rígidas normas exigidas pelo bug do milênio. O próximo passo do salafrário é dizer que, para ter certeza de que a tal senhora é mesmo ela própria, ele deveria confirmar alguns dados sobre si, e termina por requisitar números de conta, números de agência, endereço, telefone e tudo mais que puder chupar da pobre incauta. Diz também necessitar de uma autorização verbal dela para efetuar a transferência para a conta especial temporária. Muitas vezes o embusteiro nem sabe dizer o nome do banco que "representa", pois se o fizer pode ter a desagradável surpresa de ver a vítima dizer que não é correntista do tal banco. Este golpe já está bem em voga nos EUA e muito provavelmente vai pintar por aqui também, se é que já não pintou. O golpista assusta a vítima dizendo que, se ela não realizar a transferência para a tal conta especial a tempo, irá perder todo seu dinheiro. Muitas pessoas ingênuas acabam acreditando na lábia do elemento e informam na lata todos os seus dados. Fique portanto de olho, leitora, pois a próxima vítima pode ser você.


A mais nova frescurada no jargão informatiquês já está pronta. São os novos prefixos indicativos dos múltiplos do byte. É uma bobeira sem tamanho, mas como existe a possibilidade de a coisa pegar pra valer, não posso deixar a leitora desinformada a esse respeito. A história é a seguinte: quando se fala em kilobyte, ao invés de estarmos tratando de 1000 bytes, como seria de se esperar, o valor correto é 1024 bytes, ou seja, 2 elevado à décima potência. Esta mesma disparidade se dá para os outros prefixos além do kilo, quais sejam: Mega, Giga, Tera, Peta e Exa. Pois bem, os próceres da International Electrotechnical Commission <www.iec.ch>, que estipula padrões para tecnologias eletrônicas, adotaram novos prefixos para descrever valores de dados binários. Assim, para designar 1024 bytes, o novo termo será "kibibyte", ou seja, entra em cena esse "bi" para designar que se trata dado binário, ou melhor, uma potência de 2. Segundo Barry Taylor, do Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia, dos EUA, "havia uma necessidade de tornar essas coisas mais claras". Os múltiplos binários do byte ficarão então assim: kibibyte, Mebibyte, Gibibyte, Tebibyte, Pebibyte e Exbibyte. Minha faxineira leu isso e disse: "Hmm, seu Carlos, mas que palhaçada"! ... sábia senhora.


Muita gente se interessa por detalhes técnicos sobre as tecnologias de rede e não tem cacau para comprar livros nem sair pagando cursos caríssimos por ai. Se o idioma inglês não é problema para você, baixe os tutoriais técnicos gratuitos que podem ser encontrados no International Engineering Consortium <www.iec.org>, em Chicago, mais especificamente no site <www.webproforum.com/wpf_all.html>. São arquivos em formato PDF, legíveis com Acrobat, versando sobre os seguintes assuntos, entre outros: acesso à Internet, ADSL, ATM, cable modems, cancelamento de eco, cobrança de contas telefônicas, comércio eletrônico, comunicações celulares, cuidado com clientes, Data Warehousing, Dense Wavelength Division Multiplexing (DWDM), Digital Loop Carriers, Element Management Systems (EMSs), Fax over Internet Protocol (FoIP), fundamentos de telecomunicações, Global System for Mobile Communication (GSM), H.323, Human-Machine Interface (HMI), Hybrid Fiber/Coax (HFC), integração telefonia-computador, Intelligent Network (IN), Internet Protocol (IP), Local Multipoint Distribution Systems (LMDS), Local Number Portability (LNP), mediação de acesso, redes óticas, segurança na Internet, Signaling System #7 (SS7), sistemas Smart Antenna, soluções TMN (Telecommunications Management Network), Specification and Description Language (SDL), Structured Cabling Systems (SCS), Synchronous Digital Hierarchy (SDH), Synchronous Optical Network (SONET), Telecommunications Management Network (TMN), telefonia na Internet, Time Division Multiple Access (TDMA), Tree and Tabular Combined Notation (TTCN), Virtual Private Networks (VPNs), Voice Telephony over Asynchronous Transfer Mode (VTOA), Wireless Intelligent Network (WIN), Wireless Local Loop (WLL) e Wireless Short Message Service (SMS).


[ Voltar ]