O GLOBO - Informática Etc.
Carlos Alberto Teixeira - C@T

O Livro Verde

Artigo: 493

Governo define rumos brasileiros da Sociedade da Informação

Publicado em:  2001-04-09
Escrito em:  2001-04-04

 

Em outubro de 2000 foi lançado o Livro Verde, uma obra contendo as propostas do programa nacional Sociedade da Informação, coordenado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia. O Centro de Educação em Informática do Senac Rio está oferecendo HOJE uma palestra gratuita sobre o Livro Verde, seguida de debate. Será às 19h00 no auditório da Rua Santa Luzia, 735, 7º andar, Centro. As inscrições são limitadas e é imprescindível reservar sua vaga ligando para (21) 517-9230 ou 220-8891. Só serão aceitas inscrições até as 16h00 de hoje.

A meta do programa Sociedade da Informação é coordenar o desenvolvimento e a utilização de serviços avançados de tecnologia e comunicação para dar um novo impulso à pesquisa e à educação, gerando maior competitividade para a nossa economia. Uma das principais ferramentas deste processo, como não poderia deixar de ser, é a nossa querida internet. No site <www.mct.gov.br/Temas/Socinfo/Default.htm> pode-se obter maiores informações sobre o programa.

Na mesa de debates do Senac Rio estarão presentes os seguintes palestrantes: Elizabeth Rondelli, coordenadora da Unirede; Frederico Novaes, gerente corporativo do Centro de Educação em Informática e colaborador do programa Sociedade da Informação; Rodrigo Baggio, diretor executivo do Comitê para democratização da Informática e Tadao Takahashi, um dos precursores da internet no Brasil e coordenador do programa Sociedade da Informação. É possível baixar o Livro Verde em formato PDF em <www.mct.gov.br/Temas/Socinfo/livroverde.htm>.


A Universidade Gama Filho <www.ugf.br> estará oferecendo a partir deste mes de abril o primeiro curso no país de Pós-Graduação Lato Sensu com Especialização em Cyberlaw, Direito e Internet. É um projeto pioneiro no Brasil direcionado a advogados, juízes, promotores, funcionários públicos que atuam na área e profissionais que trabalham diretamente com a grande rede. Constitui uma valiosa fonte de atualização num setor legal praticamente virgem no Brasil, mas que já começa a suscitar inúmeros problemas jurídicos. O Curso será ministrado nos campus Centro e Barra da UGF a partir do 17 de abril, sob a responsabilidade do Prof. Roberto Roland Junior <rolandjunior@uol.com.br>, e tendo como professores as maiores autoridades do Brasil na área. Visite a página em <http://faroljuridico.com.br/mbadireitoeinternet>. Maiores informações via email, pelos telefones (21) 532-0896 e 524-0848 ou pelo fax 524-4664.


Recebi da historiadora Lise Sedrez <lsedrez@stanford.edu> a notícia de que uma grande empresa japonesa de tecnologia estaria lançando em seu novo PC um sistema operacional próprio, para competir com o Windows. Segundo o executivo-chefe da tal companhia, o novo sistema operacional não produziria as atuais mensagens obscuras e misteriosas do Windows e do DOS: "Pretendemos introduzir algo de mais alto nível, emprestando ao sistema uma abordagem japonesa onde, até agora, os sistemas operacionais refletiam a hegemonia cultural do Ocidente." O ponto chave é a substituição das mensagens impessoais e inúteis do Windows por outras embebidas da mais pura poesia japonesa haiku. Sobre haiku, sugiro acessar <www.nippobrasil.com.br/zashi/haicai.html> e <www.unicamp.br/~franchet/lista.htm>. Este novo estilo de mensagens levará o usuário a fazer uma pausa pensativa, apenas o suficiente para permitir que ele acalme seu espírito e afaste a idéia de esmurrar o monitor. Alguns exemplos: 

  • Arquivo tão grande? Pode ser útil. Mas agora se foi.

  • Procura um web site. Não pode ser localizado. Inúmeros outros existem.

  • Caos reina. Pare, reflita e dê reboot. Ordem retornará.

  • Esforço abortado: feche tudo em que trabalhou. Você pede demais.

  • Ontem funcionou. Hoje não funciona. Windows é assim.

  • Primeiro neve, depois silêncio. A tela de milhares de dólares morre. Tão lindamente.

  • Com a procura vem a perda. A presença da ausência. 'vendas.doc' não encontrado.

  • Mantenha-se no caminho paciente. Pouco vale sua ira. A rede caiu.

  • Três coisas são certas. Morte, impostos e dados perdidos. Adivinhe qual ocorreu.

  • Você pisa no riacho. Mas a água se foi. Página não encontrada.

  • Sem memória. Queremos segurar o céu. Mas nunca o faremos.

  • Tendo sido apagado, o documento que você procura terá que ser redigitado.

  • Erro sério. Todos os atalhos desapareceram. Tela. Mente. Ambos em branco.

  • Windows NT travou. Tela azul da morte. Ninguém ouve seus gritos.

E, para a leitora que quiser saber mais sobre esta empresa japonesa, um haiku especial: 

  • "Leitora acreditou. Moça boba. É brincadeira".

[ Voltar para o índice de artigos de 2001 ]

[ O Globo | Informática Etc. | coluna mais recente | enviar email
página pessoal C@T
| assinar lista InfoEtc | assinar GoldenList do C@T ]


powered by FreeFind