O GLOBO - Informática Etc.
Carlos Alberto Teixeira - C@T

Tarados computacionais

Artigo: 497

Descubra se bits e bytes já circulam no seu sangue

Publicado em:  2001-05-07
Escrito em:  2001-05-01

 

Não é difícil reconhecer alguém que ganhe a vida programando computadores. Há traços genuinamente típicos dessas criaturas. É muito provável que você seja uma delas, se... 

  1. Quando vê um pingüim, isto lhe faz pensar no Linux; 

  2. Seu computador tem mais Megabytes de RAM do que seu carro tem de HP em potência de motor; 

  3. Quando você ouve menção ao "Império do Mal" não pensa em geopolítica e sim na Microsoft; 

  4. Você escolhe uma casa ou apartamento avaliando a fiação do mesmo; 

  5. Você tem uma rede local no seu quarto ou no seu escritório em casa; 

  6. Você gosta do som de modems quando estão chiando e apitando no handshaking da conexão; 

  7. Você não acha estranho usar tênis e paletó; 

  8. Você tem mais de 50 camisetas T-shirts mas não se recorda da última vez que pagou por uma delas; 

  9. Você é o funcionário mais bem pago, porém o mais mal vestido no seu emprego; 

  10. Você se envolve em acaloradas discussões em newsgroups tratando de temas em que a maioria das pessoas normais jamais sequer ouviu falar; 

  11. Você passou mais tempo em sua vida diante de uma tela de computador do que defronte a uma TV; 

  12. A tela de seu monitor do computador é maior do que a tela de sua TV; 

  13. Quando assiste a filmes em que aparecem computadores, você não só é capaz de dizer qual sistema operacional está rodando, como também sabe dizer que ferramenta de desenvolvimento provavelmente foi usada para criar a aplicação; e 

  14. Você se mantém em contato com centenas de pessoas via email, mas não enviou uma só carta pela via postal convencional nos últimos anos. 

Essa listinha de características pessoais de programadores me foi enviada pelo amigo Prof. Kenneth Camargo <http://members.nbci.com/kencamargo> direto do Canadá.


Nossa correspondente em Londres, Beta Corrêa <betainlondon@yahoo.com.br> nos conta sobre a frenética animação reinante nos cybercafés daquele vilarejo. Ao contrário do que se espera dos fleumáticos ingleses, o clima nesses estabelecimentos é de pura emoção. As pessoas vibram, gemem, gargalham e gritam diante de suas máquinas, todas dotadas de câmera, multimídia, alta velocidade de conexão e muito poder de processamento. Na filial da rede easyEverything que a Beta costuma freqüentar em Victoria <www.easyeverything.co.uk/map/vic.html> há mais de 300 máquinas em funcionamento. Foi a loja inaugural dessa rede que hoje cobre quase todo o Primeiro Mundo. A promoção do momento é comprar 5 unidades de tempo e ganhar uma de graça. Junte-se a isso uma galera super plugada e uma agradável lanchonete e está pronto um ambiente ideal para agitar altas novas amizades.


A conceituada área de downloads da ZDNet homologou um software shareware brasileiro para distribuição. Trata-se de uma precisa e rápida calculadora financeira, o programa KissFC versão 1.5.2. O autor dessa notável peça é o veterano Paulo Sérgio Pinto <ppinto@highway.com.br>, responsável pelo primeiro BBS a funcionar aqui no Brasil. Basta digitar "kissfc" sem as aspas no campo "Search For:" da página <www.zdnet.com/downloads> e baixar o software que, zipado, ocupa 476 kB. A página web do KissFC é <www.highway.com.br/users/ppinto/KissFC>. O download é grátis, mas se o usuário decidir ficar com o programa deve se registrar, pagando a taxa única de R$ 13,00 ou US$7,00. Basta acionar o programa que logo se nota ser um produto feito com máximo esmero, com alto profissionalismo e visando essencialmente a simplicidade. Aliás, o próprio nome KissFC traduz este objetivo, significando "Kiss Financial Calculator", onde o kiss vale por "Keep It Simple, Stupid!". Engenheiro estrutural de renome, Paulo entrou para a História como Sysop do legendário BBS do Pinto, cuja criação é muito bem descrita num artigo de Renato Sabbatini em <www.epub.org.br/correio/corr268.htm>. E, para coroar a iniciativa do Paulo, há pouco mais de uma semana ele ficou sabendo que já existe um crack para o KissFC nos sites especializados do ramo, como o Astalavista. Ele se declarou deliciado com a notícia, pois a criação de um crack não deixa de ser sinal da plena aceitação do programa, especialmente nesse caso em que a cópia shareware disponível na ZDNet não tem prazo de validade e é inteiramente funcional.


Nossos brinquedos de hoje dizem respeito a extraterrestres e a Kung Fu. Um poderoso gerador de nomes alienígenas pronunciáveis, de autoria de Ralph Roberts, pode ser encontrado em <www.abooks.com/alien>. A aplicação é escrita em Rebol <http://rebol.com> e a cada recarga da página oferece mais centenas de novas combinações. Bastante útil para gerar passwords foneticamente memorizáveis e para crianças brincando de guerra espacial. E se a leitora é chegada a uma sessão de porradaria chinesa, vai se deliciar com a obra prima do gênio de Shangai, o legendário Zhu Zhiq <zhu_zhiq@sohu.com>. A terceira versão de sua coreografia Xiao-Xiao pode ser encontrada em <http://l33t.barrysworld.net/anonymous/files/fight.swf>, sob a forma de uma esmerada animação em Flash ocupando 1.381 kB. Se não tiver o tocador correspondente, baixe o Macromedia Flash Player 5.0 em <www.macromedia.com>. Trata-se de uma complexa e sensacional luta de Kung Fu protagonizada por bonecos simples mas de grande agilidade. A guitarra ao fundo dá o clima e os ruídos de chutes e bofetões são magistralmente sincronizados, respeitando rigorosamente o ambiente estéreo das suas caixinhas de som. Atenção especial para o trecho da luta com o varapau e para as cenas finais no mais puro estilo Matrix.

[ Voltar para o índice de artigos de 2001 ]

[ O Globo | Informática Etc. | coluna mais recente | enviar email
página pessoal C@T
| assinar lista InfoEtc | assinar GoldenList do C@T ]


powered by FreeFind