O GLOBO - Informática Etc. - Carlos Alberto Teixeira
Artigo: 399 - Escrito em: 1999-04-12 - Publicado em: 1999-04-19


Rebate falso


CD-ROM da PC Expert sempre esteve livre de virus

Ao contrário do que foi publicado aqui na coluna em 29/04/1999, o CD-ROM oferecido pela Revista PC Expert número 6 NÃO TEM VIRUS ALGUM. Está totalmente limpo. A equipe da revista, como sempre o faz, havia rodado previamente três anti-virus no CD em questão e não descobriu qualquer infecção, liberando a revista para as bancas. Diante do alarme que andou circulando pela Rede e que equivocadamente reproduzi aqui nesse espaço, a editora CD Expert encaminhou seu material à empresa Symantec, reconhecida internacionalmente por sua excelência na detecção e eliminação de vírus de computador. Obtiveram prontamente um laudo oficial, cuja cópia me foi enviada, onde se lê: "Certifico que os CDs da revista CD Expert número 6 estão livres de Virus de Computador conforme testes realizados em nosso laboratório. -- assinado José Antunes, Gerente de Suporte". No final das contas, toda essa confusão acaba servindo para comprovar e reforçar a seriedade da Revista e, pelo que andei levantando, a publicação continua vendendo mais do que banana nas bancas e livrarias. Aliás, para quem deseja entrar de cabeça na onda do Linux, recomendo comprar justamente o tal número 6, pois no referido CD vem a versão 3.0 desse sistema operacional tão bem falado. Minhas sinceras escusas aos injustiçados colegas.


A leitora já preparou sua declaração de renda? Se você declara como pessoa física, uma boa ferramenta é o Malha Fina 99, software para ser usado em conjunto com o programa fornecido pela Receita Federal. O Malha Fina 99 confere e faz uma análise completa de sua Declaração do Imposto de Renda, mostrando em cada item se as informações fornecidas por você estão coerentes, esclarecendo dúvidas e fazendo sugestões. Além disso, avalia a coerência da variação patrimonial, efetua o demonstrativo de caixa e verifica se nenhuma dedução foi esquecida ou lançada de forma incorreta. O Malha Fina 99 é especialmente útil para quem tem dificuldades em preparar sua declaração, visto que apresenta um sistema de ajuda com cerca de 500 perguntas e respostas relativas às dúvidas mais comuns do contribuinte, com respeito ao preenchimento da Declaração. O programa precisa de apenas 4 megas de RAM e roda em Windows de qualquer sabor. Em 2 minutos você instala o software e em mais 2 minutos ele termina seu trabalho de análise.399-bussola.gif (3227 bytes)

Você pode baixar o Malha Fina 99 diretamente do site da Bússola Processamento de Dados, empresa que produz o software. O endereço é <www.bussola.com.br>. A Bússola prevê a comercialização de aproximadamente 12 mil cópias do Malha Fina 99 até o final de abril. A versão do programa para análise de duas declarações custa R$ 35,00, enquanto a versão sem limite de declarações, ideal para contadores, sai por R$ 95,00. Disponível também para a utilização em rede, o Malha Fina 99 pode também ser encomendado pelo telefone (011) 255-7633 e recebido em CD ou disquete pelo correio.


Nosso correspondente Marcelo Pinheiro <mpinheir@usa.net> em Calgary, Canadá conta qual é a última bossa tecnológica urbanóide. Um restaurante de Victoria, quando lotado, oferece a seus clientes a tradicional saída: sentar e esperar uma mesa. Mas se não quiser ficar aguardando parado, o cliente, no ato, recebe emprestado um pager do estabelecimento e deixa um cartão de crédito como referência. Pode ir então dar um pequeno passeio ou saracotear pela lojas próximas e, assim que vagar mesa, a recepcionista disca para o pager do cliente, sem interferência de operador, avisando-o de que pode voltar e dar início ao ritual do rango.


Com tanta Internet, e-mail e Web, mal sobra memória para nos lembrarmos dos bons tempos dos BBS. Mas quem se recorda deles sente um apertinho no coração, é a saudade. Um colecionador chamado Jason Scott reuniu um verdadeiro museu de arquivos-texto daquela época tão romântica e cheia de personagens abnegados. Naquele tempo, tudo que rolava era na base do ASCII puro. Jason admiravelmente retrata, através dos textos que garimpou, a infância da tecnologia da informação online. Uma época em que as redes informais de dados via telefone convencional eram a ferramenta popular de poder, ao invés de veículo da selvagem comercialização de hoje. Segundo Jason, era um tempo em que "a informação tornou-se o suco que as pessoas usavam para se auto-construirem, para derrubarem seus oponentes, ou compartilharem dados com todo mundo, elevando em alguns palmos o nível de todo o grupo social envolvido." O acervo de textos do Jason está em <www.textfiles.com>.


[ Voltar ]